domingo, 12 de junho de 2016

Entrevista com Fumaça da banda Disunidos

O papo de hoje é com o Fumaça Silva, vocalista da banda Disunidos, de João Pessoa-PB. A banda surgiu em 1987, deu uma parada e no ano passado gravou uma Demo, e tem planos de um CD ainda esse ano...se ligue aí!
Fumaça - Vocal da Disunidos
Primeiro, gostaria de saber qual o motivo da mudança da grafia do nome "Disunidos"?
Fumaça - Bem, quem deu o nome foi meu pai, que disse que nós éramos Desunidos, aí pra deixar a coisa bem Punk trocamos o "e" pelo "i".
Disunidos é: Nenem no Baixo, Vado na Bateria, Fumaça no Vocal e André na Guitarra.
A banda foi uma das primeiras da Paraíba a fazer punk rock. Como era a cena naquela época?
Fumaça - Quando entramos na cena não havia bandas que realmente participasse do movimento punk, nós surgimos e fomos as ruas com propostas de mudanças dentro dos ideais anarquistas, fizemos a diferença naquela época.....

E dentro desse contexto, como a banda surgiu? E porque escolheram fazer punk rock?
Fumaça - A banda surgiu com o "faça você mesmo", e a escolha do punk rock foi justamente a partir das letras e atitudes dos punks.

Já naquela época a banda circulou por alguns estados do Brasil. Como era pra sair da Paraíba e ir tocar em um evento anarco punk em Belo Horizonte, por exemplo?
Fumaça - Nós tínhamos uma linha direta com bandas de Natal/RN, Devastação, Descarga Violenta entre outras, inclusive a Descarga Violenta ainda está em atividade. Com relação a BH foi uma experiência vivida pela primeira vez pelos integrantes da banda, foi muito positivo, antes da Gig participamos de debates e uma passeata. Recentemente uma mina do RJ entrou em contato com a gente e mostrou o cartaz da Gig que houve. Cara, foi massa! E pra ficar mais foda, ela tem duas K7, uma tem a Disunidos e Face Crônica (não existe mais) e Descarga Violenta, diga que emoção da porra...
K7 Master - Face crônica e Disunidos.
A banda surgiu em 1987 e no final dos anos 90 encerrou as atividades. O que aconteceu nessa época?
Fumaça - O nosso guitarrista, o Alex, foi morar em SP. O vocal Washington foi para a Cidade de Areia cursar Agronomia ai ficamos eu e o Jobson, acabamos nos voltando para o trabalho e constituímos famílias. Quando foi por volta de 1998/99, o Sérgio Bruxa nos chamou e voltamos a atividade, foi ai que gravamos uma demo de ensaio, mais infelizmente o Sérgio veio a falecer e nós paramos novamente.

A Disunidos já teve suas músicas gravadas por outras bandas, e também já foi motivo de pesquisas, sendo citada em estudos universitários e até em livros (saiba mais aqui e nesse outro link). O que vocês acham que faz com que sejam lembrados depois de tanto tempo?
Fumaça - Foram várias bandas que já gravaram nossas músicas, dentre elas; Descarga Violenta, Rotten Flies, CUSPE, Urubu Trip, Zeferina Bomba, Hellvolution, Soul in Agony, etc. Fomos sim, citados em trabalhos universitários e num livro sobre o rock paraibano e só temos a agradecer aos que fizeram este trabalho tendo como referência a Disunidos, e ainda hoje somos procurados para falarmos do punk rock paraibano, muito legal mesmo. Quanto a sermos lembrados, talvez seja por nossa atitude, sempre fomos positivos em nossas ações, anarcopunks ou não, como também não pregamos o ódio e sim a união.
A Disunidos também é citada nesse livro.
E agora a banda resolveu voltar. O que motivou essa decisão?
Fumaça - Agradeço o retorno ao nosso guitarrista, pois ele me procurou e perguntou se eu gostaria de voltar com a Disunidos e de imediato aceitei. Antes disso, como professor de artes que é, ele foi exibir para uns alunos o documentário "Estão Sentindo Cheiro de Queimado" dirigido por Everaldo Pontes e Bertran Lira nos anos 80, e por coincidência o meu filho era aluno dele e me reconheceu na filmagem e disse "este é meu pai", ai depois foi só alegria...kkkk...
Quem da formação original está nessa volta da banda?
Fumaça - Retornou o Vado, primeiro baterista, e eu desde o inicio da banda.

Durante esse tempo, a banda lançou duas demos. A última foi gravada no ano passado. Como tem sido a receptividade da galera para esse novo trabalho da Disunidos?
Fumaça - Lançamos uma demo em 91 gravada em estúdio, outra entre 98/2000 gravada no ensaio e a última um demo EP gravado em estúdio, já no final de 2015, que é a atual. Bem, a receptividade está sendo boa, trouxemos muitos amigos aos shows, velhos punks e novos punks também, fora os que curtem um som alternativo...
Qual a expectativa a partir de agora?
Fumaça - Estamos vendo a possibilidade de gravarmos o nosso primeiro CD, algo que pra mim que já estou com 48 anos de idade vai ser como ganhar a primeira bicicleta...kkkkkkk...como também sempre ficamos na expectativa de sermos convidados para tocarmos em outros estados.....
O espaço é de vocês, muito obrigado pela atenção!
Fumaça - Nós agradecemos pelo espaço, e estamos prontos para darmos a nossa contribuição no atual cenário punk rock. Claro que não somos tão jovens, tirando o baixista...kkkk...mas ainda pogamos um bocado e falamos a verdade em nossas letras. Gostaria de agradecer a você mais uma vez pelo espaço no blog, e agradecer também aos nossos amigos Adriano Stevenson, Olga Costa, Beto Feitosa, do Pedras que Rolam, galera do Jardim Elétrico, Mofados Studio Bar e todos que nos acompanham desde sempre. valeu!!!

CONTATOS:
Facebook - Disunidos
E-mail - disunidospunkpb@gmail.com

3 comentários:

Disunidos Punkpb disse...

Muito legal! parabéns pelo trabalho e bastante agradecido pela oportunidade.
André Nóbrega

Fumaça Silva disse...

Mais uma vez agradecemos o espaço como também aos que passaram pela banda, amigos e todos os que curtem a Disunidos, bem nós não estaríamos aqui se não fosse pelo esforço e dedicação de cada um componente da banda começando lá de trás em meados de 1987, que faço questão de citar o nome de cada um deles: Jobson, Washington, Beto, Sérgio, Joelson, Alex, Vado(atual formação), Sérgio Bruxa(in memoria), Pinto, Igor e Dave.
Obrigado a todos,
Fumaça Silva.

Rotten Flies disse...

Parabéns a banda e a Nem Toscotodo pela iniciativa.